Plantas Para Apartamentos: Conheça os Tipos de Plantas Ideais

- Publicado em Deixe um comentário

Se você está pensando em comprar um apartamento e adora um pouco de verde, separamos algumas opções de plantas para apartamentos ideais para você. Pular para o artigo

Plantas Para Apartamentos

Sabe, você não precisa abrir mão dos vasos de flores preferidos, ervas aromáticas ou até mesmo aquela hortinha caseira. 

Há plantas que se desenvolvem muito bem em espaços menores e também nas varandas, cada vez mais comuns em apartamentos.

E, além de decorativas, elas podem mudar o clima de sua casa e até seu humor, melhorar a qualidade do ar e deixar o clima mais leve.

Uma das vantagens é que são ótimas opções para ocupar os cantos desabitados. Os arranjos com plantas proporcionam bem estar para a sua casa.

Sem falar que planta, é vida!

Aqui vai a principal dica: dê preferência para aquelas plantas que precisam de pouca manutenção, são mais resistentes e não necessitam de muita luz solar.

Deixar a criatividade rolar é item obrigatório.

Capriche na decoração e procure descobrir cada ambiente ou espaço onde você poderá acrescentar aquele seu toque especial, para que as plantas tenham um lugar de destaque. 

O importante, antes de escolher o que vai cultivar, é fazer uma avaliação da sua disponibilidade e estar sempre em busca de aprendizado para cuidar bem do seu jardim particular. 

Algumas exigem atenção especial, como as orquídeas, pois são delicadas e precisam de muita água. Outras, como os cactos, nem tanto.

Depende muito da espécie que você for escolher e a sua preferência, se por flores ou folhas.  

Fiz uma lista com as plantas mais indicadas para cuidar dentro de apartamento (são muitas e impossível listar todas) e mais adiante do post, uma dica de horta para cultivar os seus próprios temperos:

Espada de São Jorge

Plantas para Apartamentos - Espada de São Jorge
Espada de São Jorge – Créditos: GreenMe

Está no topo da preferência, pois além de ser bonita é uma planta resistente. Muitos acreditam que tem uma função protetora e pode afastar as más energias. 

Mas seu poder é ainda mais eficiente.

A ciência já comprovou que a planta absorve elementos tóxicos do ambiente, purificando o ar. 

Combinam com qualquer decoração e devem ser molhadas a cada 10 dias.

Ótimas para pessoas que esquecem de regar ou mesmo não querem ter trabalho. Não precisa de muita adubação, se adapta bem tanto ao sol, quanto à sombra. 

Para manter a espada de São Jorge saudável prefira os vasos de cerâmica, faça a limpeza tirando apenas as folhas secas e verifique sempre como está o solo. 

Na hora de plantar no vaso escolha um tipo de boca larga.

Coloque algumas pedras em baixo para drenar a água, usando terra adubada ou substrato, em seguida, plante as mudas com um pequeno espaço entre elas. 

É uma planta que cresce com o tempo e por isso devem ser colocadas em pontos do apartamento onde tenha espaço e se tornem mesmo, parte da decoração.

Cactos

Plantas para Apartamentos - Cactos
Cactos – Créditos: Viva Decora

Os cactos atraem uma legião de fãs e são conhecidos pelo visual exótico e de fácil manutenção.

Algumas espécies têm aspecto bonito e diferenciado. Mesmo sendo planta de sol, pode se dar muito bem em áreas de sombra. 

Indicado para pessoas que não possuem habilidade para cuidar de plantas que demandam maiores cuidados. 

A espécie sobrevive em condições extremas de falta de água, pois tem a capacidade de acumular água nos talos, folhas e raízes. Em geral são cobertos por farpas e espinhos. 

A rega adequada do cacto deve acontecer de 7 em 7 dias no verão e a cada duas semanas no inverno. Verifique periodicamente se a terra do vaso está úmida ou se precisa de água com mais frequência.

O vaso deve ter um bom sistema de drenagem para que a água em excesso escorra. Se a água se acumular no vaso, é provável que a raiz do cacto apodreça. 

Cubra o vaso com uma camada de pedrinhas, para que a terra mantenha a umidade apropriada. O ideal é que sejam pedrinhas naturais ou até mesmo cascas de madeira. 

Suculentas

Plantas para Apartamentos - Suculentas
Suculentas – Créditos: Portal Raízes

A principal condição para ter essa planta em apartamentos é que as janelas tenham algumas horas de sol ou claridade.

Não se sabe ao certo, mas estima-se que existam milhares de espécies de plantas suculentas

A principal característica é armazenar água em seus tecidos, o que a torna muito mais resistente do que outras e consegue se adaptar e sobreviver a vários climas. Daí o nome “suculenta”. 

Algumas espécies de suculenta costumam crescer bastante, por isso, na hora de comprar a sua, certifique-se o tamanho que ela vai ficar e compre um vaso onde ela fique saudável por mais tempo.

As suculentas não precisam de muita água. Regar apenas uma vez por semana é suficiente.

Alguns tipos consomem menos água ainda, por isso converse com o vendedor na hora da compra.

Mantenha o vaso com terra fofa e evite dividir com outras plantas. Faça a adubagem regularmente para garantir a saúde da suculenta.

Verifique qual a medida ideal de terra e areia para cada tipo da planta e, se necessário, insira humus de minhoca também. 

Estes itens custam pouco e ajudam sua espécie a viver mais. E elas são lindas, dando um toque especial na decoração do apartamento. 

Árvore da Felicidade

Plantas Para Apartamentos - Árvore da Felicidade
Árvore da Felicidade – Créditos: Elo7

Considerando que é uma espécie de grande porte, já pense no espaço que você terá que reservar para ela.

Muito procurada por paisagistas e entusiastas do plantio de árvores, é conhecida por sua beleza ornamental, mas ganhou ainda mais sucesso com uma lenda que conta como a planta leva sorte e felicidade ao seu dono. 

O plantio da árvore da felicidade pode ser feito em condições diferentes da maioria das árvores de grande porte, sendo possível plantá-la em apartamento e outros locais fechados desde que, é claro, receba os cuidados devidos em intervalos regulares.

A dica principal para cuidar dessa planta é que ela receba uma quantidade boa de luz diariamente, essencial para o bom crescimento da planta. 

Porém, escolha um local onde não haja incidência de luz durante o dia todo, sendo recomendado a alocação em janelas e áreas com sombra.

A árvore da felicidade tem bastante sede!

É importante que seja regada diariamente, pois a água absorvida durante o processo fortalece a planta, bem como potencializa o crescimento de seu caule.

Como possui um caule frágil, recomenda-se que a terra escolhida possua uma quantidade elevada de materiais orgânicos que contribuem tanto para alimentar a planta, como cuidar da árvore da felicidade para que seu caule não sofra danos.

Outra dica para se cuidar da árvore da felicidade é implantar bambus no entorno da planta, pois eles impedem que o caule se rompa e sofra danos devido às variações climáticas. 

Samambaias

Samambaias
Samambaias

É uma planta antiga, mas agora está na moda com a tendência de jardins verticais e dão um volume bem bonito quando bem cuidadas. 

As várias espécies de samambaia podem ser usadas penduradas ou colocadas em nichos.

Ambientes com claridade é essencial, a planta deve ser adubada com frequência e regadas três vezes por semana, pelo menos. Se ficarem sem água, as folhas queimam rapidamente. 

Algumas samambaias podem crescer até 15 metros de altura.

Como vem em substratos (espécie de terra leve), é importante que ao adquirir o vaso, seja feito o replantio para garantir o seu crescimento saudável. 

Assim como todas as plantas, as samambaias apresentam ótimos resultados quando recebem nutrientes.

É através dos nutrientes que as plantas realizam o seu crescimento radicular e foliar, coloração esverdeada das folhas e aumento das brotações. 

A adubação deve ser feita com fertilizantes foliares diluídos em água e aplicados nas folhas, uma vez a cada 7 ou 15 dias, com uso de um pulverizador. 

Bromélias

Bromélias
Bromélias

Esse tipo de planta é bastante comum em meio a mata fechada e florestas, mas também se adaptam dentro de casa.

Com vários tipos diferentes de flores e folhas, a bromélia pode apresentar cores diversas e complementar a decoração de qualquer ambiente! 

Mas atenção, apesar de seu aspecto rústico é uma planta sensível e a luz direta pode queimar suas folhagens, portanto prefira mantê-las na sombra. 

O ideal é molhar a cada dois dias, mas na medida certa.

É que o acúmulo de água em suas folhas pode se tornar um foco de reprodução de mosquitos. Diluir uma colher de água sanitária em uma garrafa de água para irrigá-la deve resolver esse problema.

Enfeitar a parede do apartamento com um painel de bromélias, como um jardim vertical, traz cor e vida para qualquer cantinho e rouba a cena na decoração. 

Orquídeas

Orquídeas
Orquídeas

Uma das plantas mais lindas e perfeitas da natureza, as orquídeas podem ser cultivadas dentro de apartamento, mas é preciso alguns cuidados para que elas tenham um longo ciclo de vida. 

Procure deixá-las em ambientes onde não peguem muito vento. A umidade da planta não pode ser prejudicada.

E elas pedem por ventilação, desde que seja sempre na medida. 

Evite deixar próximo de janelas que estão sempre abertas ou onde você não tenha o controle do clima, principalmente se for morar em andares mais altos. 

Caso prefira colocar sua orquídea na varanda, investir em um anteparo ou qualquer estrutura que proteja-a do vento pode representar a sobrevivência da planta.

Quando ela florir, leve-a para dentro de casa, assim ficará protegida do vento e de quebra, você deixa seu espaço lindo.

Horta de apartamento

Horta de apartamento
Horta de apartamento

Se você ainda acha que é impossível plantar vegetais, frutas e ervas dentro do apartamento, já pode ir mudando de ideia. 

Montar uma horta urbana é mais fácil do que parece e imagine poder colher os seus temperos para fazer aquela receita especial, “direto do pé”… Se houver uma varanda então, tudo fica ainda mais prático!

As ervas são as plantas comestíveis mais fáceis de cultivar em apartamentos.

Manjericão, menta, gengibre, alecrim, coentro e salsinhas são boas opções para quem não quer pagar mais por temperos. 

A maioria não requer muito esforço, apenas um lugar com sol na janela e água regularmente.

Hortas em lugares pequenos podem ser cultivadas em vasos, vasos suspensos, jardineiras ou direto no canteiro, dependendo do espaço que você tiver. 

Procure colocar os vasos na varanda ou em locais que tenham bastante claridade, perto de janelas ou mesmo encaixadas em parapeitos.

Prefira cultivar hortaliças e temperos fáceis para o plantio, como: hortelã, salsinha, cebolinha, alecrim, coentro, tomilho, orégano, manjericão e pimentas. 

A sua horta de apartamento deve receber água duas vezes por dia, se tiver a incidência direta do sol. Geralmente pela manhã e fim de tarde, já que elas murcham facilmente. 

Verifique sempre a terra do vaso se tem umidade suficiente e procure usar substrato próprio para horta, que já vem adubado e com bastante matéria orgânica, vendido em lojas de plantas especializadas.  

Conclusão 

Os especialistas em botânica afirmam que ter plantas dentro de casa só faz bem, já que você terá outras vidas habitando o mesmo espaço.

Além de preencherem o lugar e decorar ambientes, trazem mais aconchego. 

A vontade das pessoas de retomar a intimidade com a natureza tem crescido a cada dia, principalmente nas grandes cidades, onde vivemos confinadas em cômodos fechados, principalmente agora com a pandemia do coronavírus.  

Cultivar plantas em apartamento é encontrar um tempo de calmaria em meio à rotina, fugindo da artificialidade do mundo e valorizando o natural, onde podemos lembrar que a simplicidade pode ser linda. 

Lembre-se também que as plantas são um dos elementos essenciais dos apartamentos realmente estilosos.

Além das inegáveis qualidades naturais, elas também podem ser usadas pelas suas cores e formatos, para complementar a decoração, inspirando a sua criatividade. 

Até o próximo post!

Compartilhe esse post!

Compartilhe a sua opinião com a gente!