Novas medidas da Caixa facilitam financiamento de imóveis

- Publicado em Deixe um comentário

Acompanhe o artigo e veja o que mudou com as novas medidas da Caixa para financiamento de imóveis! Pular para o artigo

Novas medidas da Caixa para financiamento de imóveis

A Caixa Econômica Federal implantou algumas medidas de crédito imobiliário, com objetivo de reduzir os efeitos de restrições para evitar a propagação do novo coronavírus.

Entre elas, está a implementação de uma pausa de 120 dias no financiamento habitacional.

As novas regras valem tanto pessoas físicas como as empresas.

Já postamos no Blog da Incorposul que investir em imóveis durante a crise do Coronavírus pode ser um porto seguro, frente às outras modalidades de investimentos, como ações na bolsa, por exemplo.

Clique AQUI e leia o artigo completo

O que vou abordar neste post são as novas medidas adotadas pelo governo para o financiamento de imóveis pela Caixa Econômica Federal, durante a pandemia. 

Então, se você está planejando a compra financiada do seu tão sonhado apartamento, vem comigo que eu vou te mostrar tudo que mudou ou foi ampliado para favorecer o setor imobiliário:

As medidas que são adicionais tem como objetivo a proteção e estímulo para a construção civil, que pode beneficiar mais de 5 milhões de famílias e preservar mais de 1,2 milhão de empregos.

São cerca de R $ 43 bilhões em recursos injetados na economia que contribuem para a sustentabilidade da carteira habitacional e manutenção da adimplência das operações. 

Entenda melhor! (Vídeo da Caixa)

O que muda para pessoas físicas:

Com foco no cidadão comum, a Caixa alterou alguns pontos relacionados ao financiamento de imóveis, a exemplo da pausa de 120 dias no financiamento habitacional, para clientes adimplentes ou com até duas parcelas em atraso, incluindo os contratos em obra.

Quem já havia solicitado a prorrogação da medida por dois meses terá a ampliação automática para três meses.

Como a crise provocada pelo coronavírus ainda pode durar algum tempo, a medida será ampliada, caso necessário.

Quem optou pela utilização do FGTS para pagar parte das parcelas do financiamento, também poderá solicitar uma pausa no pagamento da parte não coberta pelo FGTS da prestação por 90 dias.

Porém os que não desejam, podem continuar pagando as parcelas tendo uma redução do valor por 90 dias.

Mas atenção: só podem aderir a esta opção clientes adimplentes ou com até duas parcelas em atraso. 

A Caixa também está oferecendo carência de 180 dias para contratos de financiamento de imóveis novos.

Para os clientes que constroem com financiamento da Caixa (construção individual) será permitida a liberação antecipada de até duas parcelas, sem a vistoria. 

A renegociação de contratos com clientes em atraso entre 61 e 180 dias, permite pausa ou pagamento parcial das prestações.

O que muda para as empresas:

A CEF anunciou a antecipação de até 20% dos recursos do Financiamento à Produção de empreendimentos para obras a serem iniciadas.

Existe a possibilidade de antecipação da liberação dos recursos correspondentes a até 3 meses, limitado a 10% do custo financiado, para obras em andamento e sem atrasos no cronograma.

Também foram liberados recursos de financiamento à produção não utilizados pela empresa nos meses anteriores, limitados a 10% do custo financiado.

As construtoras poderão fazer o pagamento parcial da prestação do financiamento, por até 90 dias, para os clientes adimplentes ou com até duas parcelas em atraso.

Ainda será permitida a prorrogação de carência por até 180 dias, para os projetos com obras concluídas e em fase de amortização.

Outra possibilidade é a prorrogação do início das obras por até 180 dias.

A Caixa também já admite a reformulação do cronograma de obra, nos casos de contingências na execução por questões decorrentes da pandemia de covid-19.

Para reduzir os riscos de contaminação e exposição dos clientes e empregados à covid-19, a Caixa ampliou o prazo de vencimento de laudos e avaliações.

Financiamento via canais digitais

Os bancos já experimentam um aumento na contratação de financiamento imobiliário através dos canais digitais.

Esse tipo de operação já estava disponível antes da quarentena, mas ainda era pouco utilizada.

A opção online torna os processos mais ágeis e cômodos para o comprador. 

Em geral, tanto para computadores como pelos aplicativos, o digital oferece boa parte do processo para a concessão do crédito imobiliário, como simulação, aprovação de crédito e contratação do seguro, assim como o envio de documentos, da proposta e do contrato.

O mercado da construção civil, têm total interesse no desenvolvimento dos canais digitais dos bancos, porque além de menos oneroso, agiliza a concessão de empréstimos. Para o cliente já está ficando mais fácil contratar um financiamento imobiliário tranquilamente sem pisar numa agência. 

A própria atuação de bancos e construtoras caminha para essa alternativa. Um reflexo para o setor em meio à pandemia é a oferta combinada da venda do imóvel e do financiamento via canais digitais. 

Aplicativo Habitação 

A Caixa Econômica Federal oferece o aplicativo Habitação para acompanhamento do financiamento imobiliário e manutenção de contratos, através de opções em autoatendimento, sem necessidade de deslocamento à agência.

Tudo direto do smartphone, a qualquer hora e em qualquer lugar.

Novas medidas da Caixa para financiamento de imóveis
Novas medidas da Caixa para financiamento de imóveis

Funcionalidades disponíveis: 

  • Alteração da data de vencimento
  • Consulta dos demonstrativos legais vinculados ao seu contrato
  • Consulta do valor atualizado para liquidação, na data escolhida, e emissão de boleto ou cópia do código de barras para liquidação antecipada com recursos próprios
  • Simulação e emissão de boleto de amortização com recursos próprios
  • Consulta de prestações em aberto e emissão de boleto ou cópia do código de barras
  • Evolução do financiamento do imóvel em fase de obra
  • Inclusão ou atualização dos dados da conta da Caixa para débito em conta
  • Simulação e utilização do FGTS para liquidação, amortização e pagamento de parte da prestação

A Incorposul tem excelente relacionamento com a Caixa Econômica Federal e presta toda orientação para liberação do crédito, desde a indicação do gerente até a finalização do financiamento.

Está pensando em investir ou trocar de imóvel?

Conheça os melhores empreendimento de Joinville, nos melhores bairros. Apartamentos de altíssimo padrão para pessoas de bom gosto. Clique AQUI.

Até o próximo post!

Compartilhe esse post!

Compartilhe a sua opinião com a gente!